Prémios Edgar 2008

18 04 2008

A 26 de Abril serão conhecidos os vencedores dos 2008 Edgar Allan Poe Awards, da Mystery Writers of America.

Os nomeados:

-Christine Falls – Benjamin Black
-Priest – Ken Bruen
-The Yiddish Policemen’s Union
-Soul Patch – Reed Farrel Coleman
-Down River – John Hart





A Neblina do Passado

4 02 2008

Havana, Verão de 2003.
Passaram-se catorze anos desde que o desencantado tenente Mario Conde abandonou a polícia. Durante esse tempo, Cuba sofreu muitas transformações e Mario Conde – agora mais velho e com mais cicatrizes na pele e no coração – ganha a vida com a compra e venda de livros em segunda mão. A descoberta fortuita de uma valiosa biblioteca permite-lhe sonhar com um negócio magnífico, capaz de aliviar as suas dificuldades financeiras. Mas num dos volumes encontrados aparece uma folha de uma revista, na qual uma cantora de boleros dos anos 50, Violeta del Río, anuncia a sua retirada no auge da carreira. Atraído pela sua beleza e pelo seu misterioso afastamento, Conde inicia por sua conta e risco uma investigação que irá trazer à luz um passado turbulento, entaipado há mais de quarenta anos, tal como a fabulosa biblioteca.
Considerado um dos mais significativos representantes da literatura cubana actual, Leonardo Padura regressa com A Neblina do Passado ao convívio com o detective Mario Conde e à crónica literária da vida quotidiana em Cuba. Mas este romance é também uma viagem à vida nocturna e à música da Havana dos anos 50, ao mundo dos livros, e uma espécie de descida ao Inferno do submundo da capital cubana.

Prémio Dashiell Hammett 2006 da Associação Internacional de Escritores de Romances Policiais





O Tempo dos Imperadores Estranhos

1 02 2008

Se já ninguém se importa com os vivos, imagine com os mortos.
Inverno de 1943. Frente de Leninegrado. Um soldado da Divisão Azul é encontrado sem vida num lago, com uma enigmática frase gravada no seu peito: «Mira que te mira Dios». Será o primeiro de uma cadeia de crimes, tão brutais como desconexos. Um soldado de passado obscuro e um fiel sargento do Exército recebem a missão de encontrar o móbil e o culpado, mas não terão facilidades da parte de uma cúpula militar cheia de segredos…
Aos poucos serão revelados os mistérios de uma história em que ninguém é o que parece e onde os passos nos encaminham para um lugar em que reina o horror, o vazio, o absurdo, os imperadores estranhos.

Ignacio del Valle
integra história e ficção numa trama dominada pelo suspense e por uma intensidade que nunca capitula. Os inquietantes rituais maçónicos que envolvem os crimes, as intrigas do poder militar, uma série de personagens que a guerra despojou de toda a humanidade enchem as páginas deste surpreendente romance. Mas numa apenas se encontrará a resposta do enigma. E tudo a 40 ºC abaixo de zero.

Mira que te mira Dios;
mira que te está mirando;
mira que vas a morir;
mira que no sabes cuándo.

Premio de la Crítica de Asturias, Premio Libro con Huella e menção especial do Premio Dashiell Hammett





O Terror – A Guerra Civil na Revolução Francesa

29 01 2008

O Terror – A Guerra Civil na Revolução Francesa, de David Andress, é uma história de grandes declarações políticas, motins e insurreições, mas também uma história de sobrevivência a fome, perseguições e exigências ideológicas complexas, uma história de como um Estado, mesmo com a mais nobre das intenções, se pode virar contra o seu povo e quase o esmagar.
A Revolução Francesa marca a fundação do mundo político moderno. Foi durante a Revolução que as forças políticas do conservadorismo, do liberalismo e do socialismo começaram a encontrar a sua forma moderna e foi a Revolução que primeiro proclamou os princípios universais dos direitos do homem e do cidadão, nos quais as noções actuais de cidadania estão baseadas. O Terror foi, no fundo, uma guerra civil, e tais guerras são sempre brutais e complexas. A guilhotina em Paris reclamou mais de 1500 vítimas oficiais, mas as execuções dos rebeldes contra-revolucionários capturados chegaram às dezenas de milhar, e o número de mortes nas áreas de maior conflito terá provavelmente ultrapassado os cem mil, com massacres indiscriminados sendo cometidos por ambos os lados.

David Andress é autor, historiador e orador principal de História Europeia Moderna, na Universidade de Portsmouth, conta já com mais de quinze anos de experiência a nível de ensino e de escrita sobre a França revolucionária do século XVIII.

Civilização Editora
470 páginas
16,00 €





Cidade Inquieta

9 01 2008

Em Las Vegas, cidade onde o glamour e o vício brilham no máximo esplendor, ocorrem dois crimes sem aparente motivação e sem relação evidente entre si. Os detecives Strider e Amanda estão a investigar o assassínio à queima-roupa de um herdeiro de uma grande fortuna. Serena Dial, mulher de Strider, está por seu lado ocupada com o caso chocante de um rapazinho mortalmente atropelado por um condutor que fugiu. Outros crimes ocorrem e começam a configurar uma ligação à morte de uma bailarina exótica ocorrida no lendário Sherezade, um casino dos anos 60. Stride e Serena mergulham fundo nas intrigas de Sin City, mas como denunciar alguém intocável sem pôr em risco a própria segurança? Este thriller, de grande modernidade, apresenta um detective recentemente surgido no mundo do policial que conta já com inúmeros apreciadores.
Brian Freeman é um apaixonado pela literatura negra. Começou a sua carreira de escritor aos 41 anos e criou o casal de detectives Jonathan Strider e Serena Dial. Logo premiado no seu romance de estreia, além de já ter sido nomeado como finalista para vários prémios, mobilizou rapidamente as atenções e foi considerado ao nível de uma linhagem de nomes notáveis desde Chandler e Hitchcock a Elmore Leonard, Ellroy e Harlan Coben. Os seus livros foram até agora vendidos em 46 países e traduzidos para 17 línguas.





O Sétimo M

23 11 2007

Esta é a primeira de uma série de cinco livros, ao estilo Ficheiros Secretos, em que os três protagonistas, Sophie, Marco e Cal, terão de resolver casos misteriosos que escapam a toda a toda a lógica aparente.
Bem vindos a Puerto Fake, onde nada é o que parece. Nesta remota e tranquila povoação, cinco jovens morreram em circunstâncias estranhas, nos últimos dois meses.
Ninguém sabe de nada; um segredo inconfessável parece selar a boca das famílias, amigos e até da polícia. Porquê? Quem será o seguinte?
Francisca Solar é uma jovem chilena de 23 anos, e que começou a carreira literária quando, aos 21 anos, ainda estudante de jornalismo, e ao ficar desapontada com o quinto livro da saga Harry Potter – Harry Potter e a Ordem de Phoenix-, decidiu escrever a sua versão alternativa – Harry Potter y el Ocaso de los Altos Elfos. A sua versão fanfic, sem qualquer pretensão económica, tornou-se um num gigantesco sucesso online, sendo lido por mais de 80.000 pessoas. Este sucesso espalhou-se e acabou por ser reparado pela própria Random House, que gostou do seu trabalho e a convidou para escrever a sua própria trilogia original, assim nascendo O Sétimo M. Francisca Solar é uma das grandes promessas literárias de uma geração que alimentou o seu imaginário com séries como os Ficheiros Secretos, CSI ou Twin Peaks.

Excerto do livro

272 páginas
15,75 Euros
Guimarães Editores





A Pele do Diabo

21 11 2007

Desde Abril que a Editorial Presença não editava nenhum livro na colecção O Fio da Navalha. Muitos já davam por acabada esta colecção, que retorna com um livro do nova-iorquino Richard Hawke.
Bem agora só falta editar mais um de Henning Mankell.

Sinopse
Manhattan inundava-se de luz naquela manhã outonal, enquanto a parada de Acção de Graças percorria as ruas numa atmosfera festiva de música e cor. Subitamente, uma rajada de tiros varre a multidão e o terror instala-se. Fritz Malone, um carismático detective privado, entrava de imediato em acção, mas o assassino viria a revelar-se um mestre na arte de confundir o adversário… As ameaças ao Mayor de Nova Iorque sucedem-se, e a escalada de violência que assola a cidade lança Malone numa investigação que o levará a descobrir a mais negra conspiração que alguma vez abalou a sociedade nova-iorquina. Imparável é também o ritmo deste thriller esfuziante, que nos seduz de imediato com o seu enredo surpreendente.

Ler o 1º capítulo